"A alma eleva-se à altura
daquilo que ela admira."
Guyrot


A alma de um poeta guarda suas lágrimas
nas poesias e em tantas outras iguarias...
Na verdade não segue rituais.
Segue como refém das rimas
ao infinito!
Em busca da felicidade envia recados
angelicais...

Conserva o amor em segredo,
bem escondido!
Os deuses se calam no enredo escolhido,
e se manifestam nas contraditas!
Um deserto febril aponta a nova direção
rumo ao oásis das melodias...

Um sentimento vazio retorna preenchido!

A inspiração é a moldura dourada,
guarnecida pela verdade da alma já vivida
Clama por amor como sua última loucura.
A doçura conserva o encanto do seu pensamento, sem ironia.
Por conta das reticências alvejadas
evidencia a razão de sua ira!
Luta pela felicidade, sem mentira...

Num transe poético tudo se transforma
em frases desconexas...
Nas entrelinhas se descobre o reflexo
das emoções tardias
Rompem-se em mágicas rimas
Libertam-se os reféns das euforias...

O poeta conquista a platéia embevecida!

Cria um mundo musicado...
Bem ousado!
Não finge... não engana...
Só inventa !
Nunca se declara... Apenas ama!
Sabe que um dia será amado!

Recebe a luz das estrelas que brilham
em todo o Céu aberto!
Tendo a lua como companhia
acorda na madrugada fria...
Desperta com o sabor das lágrimas aquecidas,
por um amor já esquecido...

Na solidão se regenera!
Enxuga o pranto com a alegria
e o calor do próprio canto.
Não se desespera!

É a hora da imaginação
que sempre o seduz !

Com calma alcança o único desiderato:
Manter a alma sempre vazia diante da
Divina Luz!
É a verdade da sua palavra
que se consome na
Boa Poesia.

POETA, A PALAVRA É SUA!

Amanhã... será um novo dia
Um renascer em cada ponto final...
Será o escultor do amor, em versos.
Na plenitude do Universo
A sublime homenagem ao Criador
- Um poema à alma imortal!

===================





Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



 

No ar desde 10/02/2008




 


 | Home  | Menu  | Fale Comigo  | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados

web: www.mis.art.br