Debruçada na janela do meu ser
Sons e tons, sonatas dum momento
A Poesia transforma meu querer
Em harmonia e doce movimento.

Ascende a esplendorosos mundos
Espantos líricos brincam em palavras
São tantos os sentires profundos
Sinopse de tertúlias orvalhadas

“Roteiros da Alma” unem passados
No presente de feiticeiros caminhos
Tormentosos, doces ou plasmados

Aqui ficamos juntos, abraçados
Cintilando esperanças de meninos
Junto ao mar em gestos partilhados.

Manuela Silva Neves
15-05-2009


***************



Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos





No ar desde 10/02/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados

web: www.mis.art.br