SOU bailarina de minha vida.
Nesta dança, a coreografia
fica por conta do dia-a-dia

Às vezes o ritmo é suado, acelerado...
Às vezes sem alimento, desanimado...

Mas hoje...
A Cada passo...
SEI... SOU... Eu quem faço.

Não digo, "troque a letra".
Por mais estranha e difícil que seja.
É minha... É Nossa... É perfeita...

O Autor?
Do verso-verbo primeiro.
Em regente compasso...
Diretor eterno de SERES dançantes,
Condutor de versos-verbos coadjuvantes,
Aquele que nos induz do carvão ao diamante.

avanço
balanço
canso
alcanço
ao vento
ao relento
a contento

Danço...

SOU bailarina
Em meu próprio tempo.

 

 

(Maria Inês Simões)

Bauru/SP

========================



Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos





No ar desde 10/02/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados

web: www.mis.art.br