Sou...
O vazio que não tem fim
Templo que não abriga
Chuva que não cessa
Ferida que não cicatriza.

Sou...
A ave sem seu voo
A fé sem o verdadeiro crer
Sou deserto
Terra árida
Se não tenho mais você.

Sou...
O andar sem ter rumo
O silêncio do não falar
Sou o rio que se perde
Esquecendo o caminho do mar...

Nádya Haua
www.simplesmente.poeta.nom.br
 
==================




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos





No ar desde 10/02/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados

web: www.mis.art.br