Amo esse amor proibido que meu coração invade,
deixando em meu peito a dor da solidão,
gritando em desalento em calada voz,
a dor desse sofrimento.

Amor intenso e tão forte como esse,
calado não deveria ficar
pois amor é sempre amor e não tormento,
então porque devemos calar ?!

A vida nos presenteia com momentos encantados,
onde vivemos nossos sonhos imaginados,
e por falta de coragem ou por medo,
deixamos de viver assim tão apaixonados.

Sinto o sabor dos seus beijos, quando imagino os seus lábios,
o calor do seu abraço, quando em meus braços eu me abraço....
Porque viver assim nessa agonia...
se podemos nos tocar a qualquer momento?

Vou seguindo na minha estrada,
esperando pela libertação,
de poder viver esse amor proibido
com muita e terna emoção.

Vem meu amor...
dê-me a sua mão...

L.Pta. 23/03/2009
01:58hs

 

************************

=========

 

 





Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



 

No ar desde 10/02/2008




 


 | Home  | Menu  | Fale Comigo  | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados

web: www.mis.art.br