E soubeste cativar-me o espírito,

     Foste a anfitriã, a boa amiga.

     Idealista, esforçada na conquista,

     Gentil no gesto, nobre na intenção,

     És o mais que alguém pode esperar

     Neste deambular pela poesia.

     Igual ao que criaste mais não houve

     A tua mão guiou muitas esperanças.

 

 

     Conseguiste juntar à tua volta

     Outros muitos poetas e escritores;

     Uniste numa Sala, almas diferentes

     Tinhas, em ti, o dom de as cativar.

     Ilhaste-te depois, desiludida;

     Não esperavas da vida essa canseira.

     Hoje és avó amante e assumida.

     Ó Dama da Poesia, estás-nos no coração!

 

 

 

 
 
 
Para ti, Efigênia,
 
Com a Gratidão, o Carinho e a Admiração
do teu Amigo Eugénio de Sá
 
Portugal, 31.Março.2014
  
Som: parcial de "Estoy contigo" - canta: Magaly Rivera

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos

   


 


 


No ar desde 30/07/2008



Deixe um recadinho no meu livro de visitas


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados