Como é bela, a pessoa, sendo casta!

Alta ou baixa, estreita ou alargada,

A criatura é bela quanto basta:

Cabeça, tronco e membros, voz alada.

 

Seu gesto nos revela a (com)paixão

Por toda a humanidade. Tem a alma

Singela, porque é bela! Sedução

No olhar onde a luz eterna se espalma!

 

Como é boa, a pessoa! Parece maga:

Nos cinco sentidos, a sabedoria

Da perfeição terrestre, armazenada!

 

Segue lhe a emoção, a autovia

Do coração, unificando o Aquém

Ao Além no seu Mundo de Alegria.

 

 

 

25.05.2004

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos

   


 


 


No ar desde 30/07/2008



Deixe um recadinho no meu livro de visitas


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados