DEVE EXISTIR UM LUGAR DIFERENTE,
onde possamos esvaziar as nossas dores e, em potes de ouro,
sonhos carregar.

Deve existir a felicidade, quase perfeita,
que nos adentre às narinas qual perfume
destilado em nosso peito, como brasas de incenso...
Espalhadas pelo ar.

Deve existir um lugar, bem escondido,
que me convide a encontrar,
um abraço, um beijo e um colo prá me deitar.

Deve existir registrados, em qualquer lugar,
marcas de dois corações, transpassados pela seta
que o cupido atirou, com tua e a minha inicial.

Deve existir um alfabeto inteiro transformando nossos nomes,
em uma palavra- única - AMOR...
Que jamais, será rimada... com dor.

Deve existir, ainda,alguém que como eu sonha,
este lugar encontrar.
E talvez, me desperte do sonho
que me adormeceu por entre
flores, borboletas e uma lágrima no olhar.

Alimenta-me a certeza de que este lugar exista
E de que lá... possamos nos encontrar.
Bem atrás do arco-íris,
depois que a chuva passar!
 



 





Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos




No ar desde 30/07/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados