Ah, meu amado...
Não, não são sentimentos menores que trarei para ti,
para nossas almas e corações, não são.
Antes, direi, que são reflexos do amor que perdemos, lá atrás.
Fiquei sem ti, lembra-te?
Assim...como ficaste sem mim.
Vaguei por entre espaços desconhecidos a tua procura, amado meu,
e confesso-te, pensei e temi não encontrar-te, nunca mais, ou,
talvez encontrar-te, já com o coração ocupado, esquecido de mim.
Mas encontrei!
E sei, e sabes, também, que não fugiremos mais porque o que mais queremos
é nos resguardar em nossos braços, nos aquecermos em nossos beijos,
e relembramos, sim, que já não podemos evitar e negar este amor que já e nosso, por direito.
Por isso, amado meu,
não haverá mais porque chorar, só haveremos de buscar sorrisos,
mesmo que possam se distanciar...nós os iremos buscar, para nós dois.
E eu...meu amado, meu amor, te digo: SIM!
E me esmero, amor, em dizê-lo pois não é um sim qualquer...
É um sim guardado, de corpo e alma,
há muito tempo para ser totalmente dito só, e apenas, para ti.
Assim, entenderás, amado meu, que abriu-se o meu coração e eu te convido, vem...
Entre e desfrute do que guardei só para ti assim como desfrutarei do que trouxeres, para mim.
Não, amado meu, não me desdenho.
Quero contigo esta paixão desmedida e este amor
que só a nós pertence decidir consolidar, ou, não.
Mas, eu cuidarei para que tenhamos, a partir de então,
só alegrias, prazeres recheados de emoção, tornando mágicos
nossos momentos e avolumando nossos sentimentos.
Ah, meu amado!
Não duvides do sangue que corre em minhas veias pois nas tuas, ele correu, um dia.
Somos carne da mesma carne, sangue do mesmo sangue,
amor do mesmo amor.
Eis me aqui, transparente, nua...tua.
Cabe-te agora, consentir nossa descoberta para que possamos nos amar mais e mais,
com toda ardência da paixão e toda segurança do amor.
Vamos viver nosso amor e extrapolar nossos prazeres nos entregando completos e inteiros.
Eu me abro e digo sim, meu amado.
Mas...não me deixe mais tão só.
Não me faça mais esperar por ti, do que já esperei.
Estou cansada...vim de longe, muito longe, guiada apenas
pelas tuas lembranças e teus pensamentos.
Cheguei. Aqui estou.
A paixão está desmedida, já aconteceu.
Partamos agora para este lindo amor
que é todo teu
e é todo meu.
VEM.

 

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008

 


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados