Veja só, meu amiguinho,
como é lindo o meu jardim.
Tudo que lá semeio,
nasce sorrindo prá mim.

Um canteiro de Margaridas...
Elas são tão queridas!
Por isto o Beija-Flor,
Não se cansa de beijá-las
E até já levou um beijo
a quem as tem, como preferidas.

As roseiras desabrocham,
as mais lindas rosas que vi.
Sobem em trepadeiras para enfeitar
Meu jardim.

As Bromélias, as Camélias,
Miosótis, Dálias e Jasmins,
Florescem o ano inteiro, sempre
sorrindo prá mim.

E os passarinhos gorjeiam,
chamando as borboletas,
as lagartinhas, também.
O sol, brilha, que encanto!
Percebo que de canto a canto
um arco-íris nasceu.
E a natureza em festa
Por si mesma ela atesta,
a beleza do meu jardim.

Por isto meu amiguinho,
plante o seu jardim...
Se não há terra, não importa
Deus abrirá uma porta
Com amor e muita paixão.

Com as flores da alegria,
obediência e oração.
Com certeza sentirá o perfume
Das flores que hão de nascer
Dentro do seu coração!

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008

 


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados