Entra...ele precisa e quer,
carinho, amizade e amor.
Entra...ele está todo aberto
Em chagas profundas e dor...

Entra...quem sabe tenhas até
um jeito bem diferente...
Que ao amar alimente,
tudo que a fome matou.

Agora, quem sabe a semente
Cuidada e regada, mesmo que ausente
Possa um dia florescer...
Como diz esta canção.

E estarei sempre aí
Como estarás também aqui
Não importa em que parte
Do todo de um coração.

11/03/2009

 

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008

 


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados