Numa caixinha de ovos
veio um meio diferente
ele tinha outros modos
daqueles de toda a gente

Tinha outra aparência
e um jeitinho todo seu
Tinha sua inteligência
Tal e qual foi Deus quem deu

Os outros ovos da caixa
não gostavam do ovinho
- Aqui você não se encaixa!
-Tu nasceste em, outro ninho!

Mas o ovo diferente
não se deixou abater
era muito persistente
e buscava o saber

O tempo foi se passando
e o ovinho evoluindo
os outros foram ficando
pelo caminho , sumindo

Até fez alguns amigos
que não viam só a casca,
andaram junto consigo
em tempos bons e borrascas

E foi assim que o ovinho
cresceu lindo e serelepe
enquanto aqueles vizinhos
acabaram num omelete.

Arandu, 21 de julho de 2009

 

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008

 


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados