A saudade em mim
é uma borboleta menina,
que reconhece no jardim
sua casa de seda e
pousa nas flores amigas e as beija,
com a intimidade de muitos meses!

 

A saudade em mim
é como um pouso rasante,
que descansa no coração
que fez da morada o ninho.
É também a borboleta,
em forma de passarinho!

A saudade em meu peito, voeja e plana:
saudade leve
saudade boa,
saudade alegre de quem é bem vinda....
de uma borboleta que se vai da teia
e um a um vos ama,
plana e vos beija,
depois voluteia...

 

A saudade em meu peito, fretou as asas dos anjos,
que por si mesmas abanam,
quando a dor, dá de doer.
Mas que também transfigura...
E sente aquela frescura de um novo amanhecer.
Entre tudo que mais ama
Esta saudade reclama, alguém...
Como você!

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008

 


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados