Divider




Bem cedo em meu quarto,
Quem vem me acordar?
É o meu cachorrinho
Querendo brincar!

Pulando e latindo,
Prá lá e prá cá
Puxando as cobertas,
Lambendo meu pé
É o meu cachorrinho,
Que lindo ele é.

Levanto, depressa
E depressa me lavo
E o meu cachorrinho
Abana-me o rabo.

Amigo como este
melhor não existe
Em sua companhia,
Jamais fico triste.

Por isto eu o trato,
com todo carinho
Meu melhor amigo
É o meu cachorrinho!

Que lindo presente,
Ganhei...Afinal,
E que marcou, para sempre
Aquele Natal!


Divider
 

Divider





Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Divider

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 x 768
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados