ARTE & POESIA - Cida Valadares - Deixe-me Sonhar



 

 


 

 

 

 


Deixe-me sonhar...
Que você está aqui e trouxe, para mim,
todos seus abraços e beijos.
Que o dia, de repente, recebeu a visita do inverno
Mas você...não nos deixou perceber.

Deixe-me sonhar...
Que nossos olhares souberam alcançar
todas as estrelas e luas,
todos os sóis, e em todo anoitecer, brilhou o dia...
Que vi revoadas de anjos e suas asas me tocaram, num carinho do céu.
Que ouvi sinos magistrais
numa sinfonia do vento.
Que alcançei a linha do infinito e compreendi
a divisão do céu e do mar, da vida e da morte.

Deixe-me sonhar...
Que todas as suas promessas foram cumpridas
por isto não me sinto tão só.
Que você conseguiu se fortalecer,
através de mim,
por isso nosso amor...
Triunfou.

Deixe-me sonhar...
Enquanto meus olhos hidratam minha face
e minha boca experimenta um novo gosto de sal.
Que continuo tendo, ao meu lado,
sua presença tão querida.
E que me ama, ainda...

SÓ NÃO PRECISO SONHAR...

O quão é grande o meu amor pois ele,
sim, é real,
obra de Deus,
como a esperança de que você retorne,
um dia...
PARA OS BRAÇOS MEUS!


 

 



Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior:
800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados