Em tuas mãos, Senhor, eu me entrego.

Somente tu podes realizar o milagre de que preciso

Acariciar-me a molhada face e o meu ego.

Falando-me que tu és e sempre serás, de mim, amigo.

 

Em tuas mãos, Senhor, eu me refugio.

A vida baniu-me os sonhos e os pesadelos

Invadem-me o sono e eu sinto o frio

acobertar meu corpo... cheio de medos.

 

Eu me curvo, me prostro, me entrego em orações

Que me aconchegam a ti, e à tua Luz.

É tua a minha vida e meu coração...

Jesus amado, tenhas-me, sempre, em tuas mãos.

 



Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados