Morto de sede, logo percebeu
Que o precioso liquido chegou
Com o sorriso de um outro judeu;
O ente querido que sempre o mimou.

 

Jesus teve José como um modelo
Um ser humilde, sério e extremoso
Um vulto sóbrio, de uso singelo
O exemplo vivo de um homem bondoso.

 

E Cristo, um Ser que o Templo iluminou
E que os hebreus mais doutos deslumbrou
Como filho de Deus, o Seu mentor,

 

Soube ver em José o protector dilecto
Nele Se reviu, e viu sob o seu tecto
Que ele foi também um servo do Senhor.

 

 

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos

   


 


 


No ar desde 30/07/2008



Deixe um recadinho no meu livro de visitas


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados