Có, có, có, có ri có có,
É assim que me chama, minha galinha Pedrita
e, se não atendo...faz fita,
se emburra e de tanto que cacareja...até
irrita.

Sentandinha em seu ninho,
enqüanto o galo passeia
mamãe galinha choca os ovos
mexe, remexe, e se ajeita
com todo o seu carinho.

Passados 21 dias, eis que é festa no galinheiro
Nascem os primeiros pintinhos, quase todos...
amarelinhos.
Mamãe galinha abre as asas e protege
um a um depois...saem para o passeio.
Aí, é que vocês não sabiam.
Ela, pomposa, vai à frente
e todos eles, em filinha
seguem mamãe galinha.




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


 

Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados