Despertamo-nos...

...Mansamente

Entre sóis e lençóis,

alados, ainda.

Pensamentos se alimentam

...Docemente

Entre frutas e frutos

de paixões, solidões e emoções.

Trilhamos, ancorados nas promessas do mundo

Procuramos...

...inquietamente,

entre momentos e tormentos

de dores, cores e amores...

Encontramo-nos...

...explosivamente

entre sortes e mortes

...sonhadamente

Entre caminhos e ninhos.

E... finalmente

A nós nos entregamos

...Nossas mentes dementes

 

 

 

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos

   


 


 


No ar desde 30/07/2008



Deixe um recadinho no meu livro de visitas


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados