Fiéis amigos, são os meus livros.
Desvendam-me o mundo, em tantas linguagens...
E, em versejar...
Quantas vezes, cerram-me os olhos me fazendo chorar.
Outras, como crianças felizes... só querem brincar.
Falam do passado, trazem-no para o meu lado num simples
abrir e fechar.

As páginas de um livro são dias somados,
de amores amados aconchegados ao peito.
Impressões sutis, tudo que se quer ou que se quis.
Histórias contadas de povos vividos, de tempos tão idos...
Projetam o futuro, trazem-no mais cedo para nossas vidas.

Ah! Os meus livros, meus fiéis amigos!
Companheiros silentes, amigos valentes.
Sempre presentes a mim, hão de estar.
Fontes onde eu bebo...
Caminho que eu percebo...
Que irei sempre, caminhar.

Com meu livro aberto
O saber, é certo,
há de continuar.

 

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos

   


 


 


No ar desde 30/07/2008



Deixe um recadinho no meu livro de visitas


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados