Para você que carregou-me na gravidez eterna de seu amor

Aconchegou-me ao peito embora a sua febre.

Nutriu-me com as escassez do alimento mas o excesso de seus cuidados.

 

Para você que velou-me o sono sobrecarregando,

  sobre suas olheiras, o cansaço das  mal dormidas noites.

Sonhando de olhos bem abertos, ninando o meu sonho.

 

Para você que chamou sobre si os ruídos dos medos e fobias

Afugentando-os com a ternura de sua voz.

Afinando as notas das melodias cantadas para dormir.

 

Para você que por toda uma vida ensinou-me

a mais sublime tarefa copiadas do livro de sua vida

E mestradas pelos diplomas registrados no livro de Deus:

 Ser Mãe.

 

Para você, mãe, palavra doce que me enternece a alma

Para qual só uma resposta se aceita.

Aquela que, independente da ausência caracteriza a toda a humanidade:

Somos filhos

 

Quer você aqui ou aí, no colo de Deus,

Receba o nosso amor e nosso abraço de Saudade.

 

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos

   


 


 


No ar desde 30/07/2008



Deixe um recadinho no meu livro de visitas


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados