Existe uma lembrança,

Que está sempre a me rondar.

mora em meu tempo de criança,

Mas não quer ficar por lá.

 

E o pensamento, em ondas,

Mergulha, buscando a praia encontrar.

Na areia morna busco conchinhas redondas

E mergulho, bem fundo, no mar.

 

Quanta coisa linda existe

que  parece fazer-nos carinhos,

Vejo os jardins e entre eles

nadam muitos peixinhos.

 

Bem acima dos peixinhos,

os polvos e seus tentáculos

Parecem querer abraçar-nos

É um lindo espetáculo.

 

As conchinhas, escondidinhas,

entre os jardins do mar

Neste aquário de lembranças

Querem mesmo, é nos acordar.

 

E entre sonhos e lembrança

a saudade que é criança

pinta e borda meu coração.

 

De azul colore meu sonho

Que não se cansa de sonhar.

Conchas, peixinhos, jardins,

neste aquário eu guardo

Meu Pedacinho do Mar.

 

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos

   


 


 


No ar desde 30/07/2008



Deixe um recadinho no meu livro de visitas


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados