REVIVENDO A PAIXÃO, MORTE E RESSURREIÇÃO DO CRISTO

 ALCEU SEBASTIÃO COSTA

 

 

 

Senhor, imbuídos da reflexão despertada pela liturgia da Semana Santa, que vivencia a Vossa Paixão, Morte e Ressurreição, queremos concluir, na oportunidade desta Páscoa:

Que cada moeda da traição represente um montante infinito de nossa paga em lealdade:

Que cada cantar do galo ressoe na nossa consciência como um chamado à louvação;

Que cada gota do suor das Oliveiras recaia sobre nosso corpo como bálsamo de purificação;

Que cada riso de escárnio se transforme em mordaça aos impropérios dos inimigos da fé;

Que cada bofetada se transforme em carícia e brandura aos aflitos e inseguros;

Que cada espinho da coroa ofensiva e desprezível penetre em nosso espírito arrefecendo qualquer inclinação ao ódio;

Que cada passo sob o lenho da cruz seja para nós alento e coragem diante das vicissitudes da vida;

Que cada gota de sangue derramado penetre nos poros de nossa alma, purificando-a para o ingresso na eternidade;

Que as cinco chagas propiciem nossos cinco principais compromissos de efetivo envolvimento com os mistérios da Salvação consolidados na Vossa Ressurreição.

 

 

 




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos

   


 


 


No ar desde 30/07/2008



Deixe um recadinho no meu livro de visitas


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados