Saudade!

Quantas saudades...

Permeiam minhas lembranças.

Saudades já bem crescidas.

Saudades... também crianças.

 

Muitas enriquecidas

outras pobres, outras vãs.

Algumas mais esquecidas,

pobres, doentes...

Saudades sãs!

 

Uma paisagem, um campo,

as flores, as ondas do mar

Viagens de mim, internas,

Tempo presente em meu olhar.

 

Saudade...

De teus traços vou tecendo

malha fina, outra não

vou te querendo menina

com cabelo de algodão.

 

Saudade...

Bem que pareces,

minha imagem a refletir

No doce espelho da vida

e, quem sabe, no meu porvir!





Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados