Resolvi fazer uma festa para Homenagear meus amigos sertanejos, pois era um sonho e emoção.

Convidei Bruno e Marroni e o grupo Tradição, para abrilhantar minha festa no sertão.

Pois tá no toque da sanfona e violão, tá no gosto do povão.

Vejam que festa, havia rádio e televisão, muita gente e o  povão e pediam Rio Negro e Solimões.

A galera batia o pé e acompanhava com delírios e refrões.

Ao lado estavam Gilberto e Gilmar dizendo aos amigos que não ficam e não vivem sem mulher, e no outro palco cantavam Gean e Geovani, olha o amor.

Esta festa tá pegando, pois o som contagia Daniel que tá com o rosto molhado ouvindo o pedido de bis.

César e Paulinho nem boboca nem bobão apresentavam a todos.

Teodoro e Sampaio os garanhões da madrugada chegaram dando um alô a mulherada.

Leonardo um sonhador, chegava com um copo na mão dizendo que a cerveja tá gelada e não tá quente, e lá fora um corre corre para ver quem estava chegando, era Zezé e Luciano na rédea do possante.

Milionário e josé Rico pedindo calma gente, pois a estrada da vida é longa e não podemos parar , pois com um toque da sanfona e violão vamos fazer tremer o chão e cantar.

Sérgio Reis um grande Homem e boiadeiro errante pediu para Jean e Jéferson ajudar, pois á festa tinha que continuar, Chico Rei e Paraná com a alma transparente só espiava, mas enfim cantaram para a rapaziada.  

A festa estava animada, Rich e Rener com a muleca dançava e Chitãozinho e Xororó ao povo cantava alô e o fio de cabelo alisava.

É bonito ver esta festa com união, pois tem Tonico e Tinoco as raízes do Sertão, cantando moreninha linda que é o Hino do Sertão.

A galera vai se agitando no pulsar do sertanejão, pois Dom e Ravel agradecem ao Homem do campo e à nossa Nação, pelo arroz, feijão e pão. Cristian e Ralf hoje vivem a vida pensando nos irmãos que seguiram a carreira com carinho e emoção.

Quase no fim da festa chegaram João Mineiro e Marciano cantando Ainda ontem chorei de saudade e pegando carona Duduca e Dalvan com sua Mulher maravilha e Pirâmide do Amor.

Tá no toque da sanfona e violão este tributo que faço aos amigos e ídolos sertanejos do fundo do meu coração, pois somos um só povo e irmãos, peço á Deus que ilumine e olhe nossa Nação, pois também sou um filho do Sertão.




Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos



No ar desde 30/07/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo | Voltar |


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 800 X 600
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados