Passou, acabou aquele tempo
Que meus sentimentos se resumiam em lágrimas
Numa face pálida
Nada, nada mudava o curso daquele momento...
De súbito, pensando que não mais havia solução
Dei asas à imaginação e voei
Num céu azul
Sobrevoei mares, respirei novos ares, te encontrei
Por uma única vez, sonhei!
Deliciei-me em teus lábios imaginários
Aninhei-me no calor de teus abraços
E amei...
Ah! Como te amei...
Sem medo
Sem pudor
Sentindo na face somente rubor
Corpos despidos de preceitos e preconceitos
Aumentando ainda mais o desejo...
Numa repentina rajada de vento
Um pouso forçado
Em um turbilhão de sentimentos
Estes que me fazem morrer a cada instante
Num lamento constante...
Porque tudo era um sonho
Eu te amei você não me amou
E este sonho
Este acabou!

18/03/09
12h40min





Clique Aqui e Envie
Para Seus Amigos


No ar desde 30/07/2008


 


| Home | Menu | Fale Comigo| Voltar |




Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 x 768
Copyright© Arte & Poesia - 2008 - Todos os Direitos Reservados